Arquivo do mês: setembro 2009

Pré Sal

Em voga no noticiário nacional desde o ano passado um “tesouro” muito valioso está escondido muito abaixo dos sete palmos que seremos provavelmente enterrados (isso se daqui até a nossa morte o pessoal não encontrar um jeito de zipar a gente e mandar como anexo de email pra algum lugar do tipo jazmaisum@moradaeterna.com ou coisa do gênero) chamado camada pré-sal onde uma imensa quantidade de petróleo está armazenada (estima-se que só em Tupi, a maior delas existe em torno de 5 e 8 bilhões de barris de óleo, com a cotação do barril a US$ 66,05 vezes R$ 2 e pouco dá mais ou menos, é……, acho que dá pra pagar a primeira parcela do meu resort em Porto de Galinhas)

Mas o que está em jogo é muito mais do que o ouro negro que se espalha pelo subterrâneo litoral brasileiro, são os interesses envolvidos nessa dinherama toda.

O início da exploração disso só acontecerá em 2019 mas como isso será feito está em discussão atualmente. O governo ainda não tem noção de quanto petróleo temos nessa camada e se ela está dividida em vários campos separados ou se estão interligados (tornando assim uma reserva única) e por conta desse denconhecimento o governo retomará os leilões de concessões de exploração de petróleo no Brasil apenas nas áreas localizadas em terra e em águas rasas. Afinal, se a camada for única, o Brasil ainda não tem regras de como leiloaria sua exploração.

Assim, toda a região em volta do pré-sal não será leiloada até que sejam definidas as novas regras de exploração de petróleo no país (Lei do Petróleo), que voltaram a ser discutidas pelo Planalto –foi criada uma comissão interministerial para debater modelos em vigor em outros países e o destino dos recursos do óleo extraído.

Nosso ilustre presidente tem feito reiterados discursos dizendo que essa riqueza deve ser revertida ao povo brasileiro mas um grande problema pode ocorrer no início dessas explorações, com a valorização da moeda há uma tendência natural de uma entrada no país de uma maior quantidade de produtos importados enfraquecendo a indústria nacional.

Aqui, aqui e aqui tem mais informações e ilustrações sobre esse assunto, importante dar uma olhada pois é bem provável que no Enem tenha esse assunto.

Anúncios